7 Maneiras Práticas Para Mudar Seu Pensamento e Mudar Sua Vida

7 Maneiras Práticas de Mudar Seu Pensamento e Mudar Sua Vida

Mudar sua mentalidade não é uma tarefa fácil.

Seu crescimento pessoal é o que impulsiona as escolhas que você faz para o seu bem-estar físico, emocional e espiritual. 

Apenas algo tão simples quanto mudar seu pensamento pode mudar sua vida.

Como Mudar Seu Pensamento e Mudar Sua Vida

Como Mudar Seu Pensamento e Mudar Sua Vida

Aqui estão 7 maneiras práticas de mudar seu pensamento:

1 – Faça o que deve ser feito

Não está com vontade de ir à academia? Vá assim mesmo.

Não sente vontade de tocar piano depois de se comprometer a praticar todos os dias? Toque assim mesmo e se divirta.

Quando você faz o que deve ser feito mesmo não querendo, você vai muito longe. Isso cria confiança e, com esse crescimento, sua mentalidade começa a mudar.

Obviamente, fazer sem vontade nem sempre é divertido, mas o cumprimento desses pequenos objetivos em sua lista permite que você lide com os maiores que podem parecer fora de alcance.

2 – Encontre uma âncora

Todos nós precisamos de uma âncora ou, em outras palavras, todos precisamos de algo em que acreditar quando nossos pensamentos estão vacilando. 

Se você é religioso, tenha uma conexão espiritual com um poder superior ou tenha alguém que o fundamenta, e se apegue a ele (a).

Conheci a Lei da Atração aos 17 anos e, para ser completamente honesto, achava que era uma coisa boba e não acreditava muito nisso.

Dez anos se passaram e a Lei da Atração se tornou tão integrada em minha vida diária que se tornou a âncora no meu sistema de crenças.

Essa âncora também é o que me impulsiona a ser uma versão melhor de mim mesmo.

O objetivo de uma âncora é aterrá-lo quando sua mente e / ou fatores externos o sobrecarregam. 

Trata-se de ter fé e confiança nessa única coisa ou poder, quando todo o resto parece escurecer. 

Essa é uma das coisas mais importantes que você precisa ter para começar a mudar de pensamento.

3 – Pergunte por quê

É realmente muito simples. Para mudar seu pensamento, você precisa se aprofundar no que está causando uma reação.

  • Por que me incomoda que outra pessoa ocupe a vaga de estacionamento que eu estava esperando?
  • Por que me sinto desconfortável quando janto em um restaurante sozinho?
  • Por que me sinto feliz depois de comprar uma roupa nova?

Pedimos “por quê” a muitos fatores externos, mas muito raramente perguntamos isso sobre nós mesmos. 

É também uma maneira de se conhecer como se conhecesse um amigo.

Quando começamos a responder a essas perguntas, percebemos que não são os fatores externos que trazem felicidade, tristeza, culpa ou alegria, e trata-se mais de entender nossos próprios valores.

Agora, converse com você mesmo e reflita sobre suas respostas quando perguntar a esses “porquês”.

Por exemplo:

A razão pela qual estou irritado com essa pessoa por pegar minha vaga de estacionamento é que estou ocupado e tenho inúmeras tarefas a percorrer. Não tenho tempo para procurar outra vaga.

Reflexão: Como estou administrando meu tempo e porque essas restrições de tempo estão me causando estresse desnecessário? Devo priorizar minhas tarefas para não me sentir sobrecarregado.

A razão pela qual me sinto desconfortável quando janto em um restaurante é que não quero que as pessoas pensem que não tenho amigos.

Reflexão: Eu me importo muito com o que as pessoas pensam de mim, incluindo estranhos, e isso afeta meu bem-estar emocional. Não tenho esses pensamentos quando vejo outra pessoa comendo sozinha, então por que e quando comecei a ter essa opinião sobre mim mesma? Eu deveria começar a jantar sozinha, para aprender como sair da minha zona de conforto.

A razão pela qual me sinto ótimo depois de comprar uma roupa nova é que me sinto confiante.

A confiança é fundamental porque determina como eu apareço quando encontro estranhos, clientes e, em geral, como me comporto. 

Como mantenho essa confiança sem usar uma roupa nova toda vez que preciso desse impulso extra? 

Eu poderia usar meus óculos ou carregar um livro comigo para me ajudar a desempenhar esse papel.

Ter essas conversas conscientes, porém diretas, consigo mesmo são maneiras simples de mudar seu pensamento. 

A reflexão é a chave para entender seus pontos fortes e fracos.

4 – Saia da sua zona de conforto

Como mencionado acima, todos temos uma zona de conforto. 

Como uma ostra, nos sentimos confortáveis ​​e seguros dentro de nossa concha, mas para mudar nosso pensamento, é preciso estar disposto a sair dessa concha.

Nossa mentalidade só começará a mudar se nos permitirmos ser expostos às possibilidades de mudança.

Sair da sua zona de conforto pode ser uma das coisas mais difíceis que você pode fazer, mas tudo remonta à construção de sua confiança.

Algumas das amizades mais importantes que tenho até hoje são todas graças aos cinco segundos em que decidi sair da minha zona de conforto, me apresentar e realizar uma conversão.

Esforce-se para aprender algo novo todos os dias – mesmo que isso faça você se sentir um pouco desconfortável no início.

5 – Veja as coisas de uma visão diferente

Uma vez perguntei a uma amiga o que o amor próprio significava para ela. 

Ela respondeu: “amor próprio significa ser um pai para si mesmo”.

Eu nunca esperava essa resposta, mas isso me fez pensar em outras definições do que o amor próprio poderia significar para os outros e para mim.

Mudar seu pensamento também significa estar aberto a outras opiniões, especialmente se isso desafiar a sua. 

Você começará a perceber que, quanto mais mentalidade trabalha, mais abordará novas opiniões e idéias a partir de um local de ancoragem e tranqüilidade. 

Coisas que costumavam ter você em sua defesa se transformarão lentamente em uma questão de curiosidade.

6 – Desacelere

Aqui está uma verdade.

Você segue o mesmo caminho para o trabalho e sai de casa no mesmo horário todos os dias.

Enquanto você sai da estrada, você para no seu café favorito para pedir sua bebida diária, e então sai pela porta e vai direto para o escritório.

Durante essa rotina diária, você já notou a cor do prédio da esquina logo antes de sair da estrada? Ou você notou se o seu barista é canhoto ou destro?

Provavelmente não, porque na maioria das vezes tendemos a viver nossas vidas no piloto automático.

A ciência diz que tomamos cerca de 35.000 decisões por dia; portanto, faz sentido que metade do tempo nossas mentes estejam no piloto automático. 

Existem grandes contratempos que surgem ao ter esse “interruptor automático”, incluindo a sensação de percorrer o telefone sem pensar ou estar tão profundamente envolvido em seus pensamentos que você é submetido a um exame mental.

Uma maneira de mudar sua mentalidade é diminuir a velocidade. 

Quando você desacelera, começa a se encontrar na mesma melodia e vibrações que o mundo ao seu redor. 

Você começa a se conscientizar do que ressoa com você e do que não. Você começa a se tornar presente.

Se você deseja mudar sua vida, deve estar presente na vida em que vive atualmente. Ao estar presente, você começa a mudar para um estado de gratidão.

7 – Elimine as desculpas e crie soluções

Com que frequência usamos a palavra “mas?”

Por exemplo: “Quero me alimentar de maneira mais saudável, mas estou tão ocupado que não posso preparar refeições”, “Quero comprar um carro novo, mas ainda estou pagando parte da minha dívida”, “Gostaria de iniciar meu próprio negócio, mas não tenho tempo nem dinheiro para isso.”

Agora elimine o “mas” e imagine como você se sentiria se esses fatores externos não fossem um grande problema.

Esta é uma técnica simples, mas poderosa, para mudar seu pensamento.

É tudo sobre explorar essas emoções e eliminar os obstáculos nos quais gastamos tanta energia focada.

Em vez disso, comece a mudar seu foco de “mas” para “como”.


Conclusão

Mudar sua mentalidade é um trabalho em andamento e deve ser revelador, pois é gratificante. 

É sobre se conhecer em um nível mais profundo e criar uma amizade consigo mesmo ao longo do caminho.

Não existe uma solução única para todos, mas tudo se resume a dar o primeiro passo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui