10 Hábitos Comprovados das Pessoas Mais Felizes do Mundo

Pessoa feliz

Martin Seligman , o pai da psicologia positiva, teoriza que 60% da felicidade é determinada por nossa genética e no ambiente em que vivemos e os 40% restantes são como escolhemos responder.

Existem dezenas de pesquisadores como Seligman que estudaram a arte e a ciência da felicidade.

Eu mergulhei nos 10 hábitos mais interessantes das pessoas mais felizes do mundo e decidi compartilhá-los com você aqui.

1 – Elas aproveitam o momento

Elas aproveitam o momento

Acontece que dedicar um tempo para “viver o presente” realmente aumenta a felicidade na vida.

Quando você desfruta de pequenos momentos – bons ou ruins -, você fica mais consciente do que está acontecendo ao seu redor.

As pessoas mais felizes se concentram no que podem controlar, independentemente das lutas pelas quais estejam passando.

2 – Elas possuem uma mentalidade de crescimento

Elas possuem uma mentalidade de crescimento

No livro Mindset, Carol Dweck explica que as pessoas mais bem-sucedidas e felizes possuem o que ela chama de “mentalidade de crescimento” em comparação com uma “mentalidade fixa”.

Uma mentalidade fixa busca o sucesso como afirmação de inteligência ou valor; uma mentalidade de crescimento prospera no desafio e vê o fracasso não como evidência de ininteligência ou indignidade, mas como um catalisador para o crescimento e para além das habilidades existentes.

Após vinte anos de pesquisa, Dweck concluiu que aqueles com uma mentalidade de crescimento tinham relacionamentos mais felizes, obtiveram mais sucesso na vida e foram muito mais persistentes com os desafios.

3 – Elas se cercam de outras pessoas felizes

Elas se cercam de outras pessoas felizes

Como Jim Rohn disse uma vez: “Você é a média das cinco pessoas ao seu redor”.

As pessoas com que convivemos tem um enorme impacto em como pensamos, sentimos e em que direção seguimos na vida.

Pode parecer duro, mas eliminar as pessoas negativas em sua vida é necessário se você quiser ser mais feliz.

Você não terá que confrontá-los pessoalmente sobre isso; você pode gastar menos tempo com eles gradualmente, para que você possa se concentrar em melhorar a si mesmo.

4 – Elas têm um propósito

Elas têm um propósito

Se seu sonho é viajar pelo mundo, iniciar seu próprio negócio ou aprender um novo idioma, você está no caminho certo.

Ter um sonho é uma das coisas mais importantes para permanecer otimista quando as coisas ficam difíceis.

Este conceito de ter um propósito é especialmente prevalente no leste da Ásia.

No Japão, existe um termo real chamado ‘ikigai’, que é traduzido como “o motivo pelo qual você acorda pela manhã”.

Quando algumas das pessoas mais felizes e com vida mais longa foram estudadas, todas elas tinham esse motivo bem definido.

5 – Elas são pacientes

Elas são pacientes

Quanto maior o sonho que você tem, mais paciência você precisa praticar.

As pessoas felizes estão dispostas a esperar pelas recompensas e se concentrar na jornada, até onde elas chegaram e o que virá pela frente.

Elas entendem que as melhores coisas da vida vêm para aqueles que são pacientes e podem se sustentar a longo prazo, seja uma promoção no emprego, um relacionamento ou uma nova habilidade que estão aprendendo.

6 – Elas tiram um tempo “somente” para elas diariamente

Elas tiram um tempo somente para elas diariamente

Dizer “sim” para tudo coloca você no caminho mais rápido para ser infeliz.

Dar é importante, mas se isso significa ocupar seu “tempo” para relaxar, e aprender coisas novas, você não terá nada para dar ao longo do tempo.

Você nem sempre pode ser agradável; é assim que as pessoas se aproveitam de você.

Você tem que definir limites claros.

7 – Elas gastam dinheiro em experiências – não em coisas materiais

Elas gastam dinheiro em experiências - não em coisas materiais

O carro que você acabou de comprar diminuiu de valor no momento em que você o comprou, mas as experiências são lembranças que permanecerão com você pelo resto da vida.

As pessoas mais felizes preferem fazer uma viagem de mochila pela Ásia em vez de comprar uma TV de tela plana que raramente usam.

De acordo com Marc e Angel:

“As compras experimentais tendem a nos tornar mais felizes por dois motivos principais: 1. As grandes experiências melhoram com o tempo, quando lembramos delas. 2. As experiências geralmente são eventos sociais que nos tiram de casa e faz com que interagimos com pessoas de quem gostamos. ”

8 – Elas dão mais do que recebem

Elas dão mais do que recebem

Como as pessoas felizes vivem em um mundo de abundância, onde sempre há mais oportunidades, mais dinheiro a ser ganho e mais amor a compartilhar, elas estão sempre dando quando podem.

Desde arrecadar dinheiro para uma instituição de caridade com a qual se preocupam, oferecer um dinheiro a um artista talentoso que toca no metrô ou até dedicar seu precioso tempo para orientar um mentorado… elas estão sempre doando e ajudando.

Por mais irônico que possa parecer, as pessoas felizes entendem que isso realmente as tornará mais felizes no final.

9 – Elas abraçam o desconforto

Elas abraçam o desconforto

Segundo o psicólogo Peter Kramer, a resiliência é o oposto da depressão.

Pessoas felizes sabem como se recuperar do fracasso.

A resiliência é um preenchimento para as dificuldades inevitáveis ​​que os seres humanos enfrentam. Como diz o provérbio japonês: “Caia sete vezes e levante-se oito”.

A luta é a evidência do progresso, e as pessoas felizes vivem com isso.

Por quê? As recompensas de se tornar ótimo em uma habilidade superam em muito a dor que elas tiveram que suportar no processo.

10 – Elas estão sempre aprendendo

Elas estão sempre aprendendo

Stephen Hawking fez importantes descobertas científicas. Como Hawking, as pessoas mais felizes têm uma coisa em comum.

Elas são aprendizes ao longo da vida, lendo constantemente novos livros, explorando outras culturas, aprendendo novas línguas etc.

É um processo contínuo, porque sem crescimento não há vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui